Festival Brasileiro de Filmes de Aventura, Turismo e Sustentabilidade

468×60 top

Lena – a estagiária

O FATU acontece a quatro anos em Socorro e nestes anos do festival, uma pessoa cativou toda a equipe e os convidados com seu jeitinho maroto, disposição e desejo de ser cineasta.

A Helena, mais conhecida como Lena, é a nova estagiária do FATU, agora formalmente, pois ela sempre divulgou, ajudou e esteve ao lado da equipe, agora, ela faz parte da equipe.

Abaixo um texto escrito pela Lena.

“Por vezes, sentimos que aquilo que fazemos não é senão uma gota de água no mar. Mas o mar seria menor se lhe faltasse uma gota” – Madre Teresa de Calcuta.

“Iniciando minha participação na organização do Festival Brasileiro de Filmes de Aventura e Turismo (FATU), queria expressar minha grande gratidão por todos que entregaram a mim uma oportunidade. Eu, como jovem, sei o quanto é difícil e batalhado as oportunidades que nos surgem. Muitos descrêem, atualmente, por vários motivos, que jovens possam ser o sujeito de uma boa ação. Pensamentos assim bloqueiam novas oportunidades aos jovens.

Entretanto, esse festival, e conseqüentemente, todo mundo que participa do mesmo, mostra um lado diferente da moeda ao convidar alunos para participar. Jovens produzindo curtas metragens sobre seu cotidiano em uma cidade do interior. Pode parecer muito pequeno, mas o aprendizado é muito vasto a partir dessa pequena “gota de água”. Não só os jovens, que aprendem a ter força de vontade e coragem, como os adultos voltam a acreditar naqueles que serão o futuro deste planeta.

Todas as escolas, desde rurais até particulares, fizeram trabalhos maravilhosos de comunicação e auxiliaram nossos olhos para que víssemos uma cidade de Socorro que não conhecíamos. Conseguimos ver naqueles olhos joviais muita dedicação e, principalmente, muito amor pelo que fazem.

Eu espero que este ano venha novas surpresas e novos conhecimentos com os nossos produtores, editores, diretores e roteiristas juvenis, que estão mostrando – de uma forma artística – o que é fazer acontecer. Estes sim sabem, como Cazuza disse, que o tempo não pára.”

Compartilhe! Share!
468 ad

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

468×60 bottom
Anuncie aqui 728×90